As vantagens em começar o jejum intermitente

As vantagens em começar o jejum intermitente

As vantagens em começar o jejum intermitente

 

Você provavelmente conhece o jejum tradicional, aquele que consiste em parar de comer durante um certo período de tempo.

No entanto, neste artigo, vamos falar sobre o jejum intermitente, que é uma variante do jejum convencional.

Reconhecido por dezenas de estudos científicos, o jejum intermitente é seguro para a saúde e se adapta perfeitamente às suas condições. Acompanhe abaixo!

 

O que é o jejum intermitente?

Esse tipo de dieta consiste em períodos alternados de ingestão de alimentos de uma refeição habitual, e períodos de jejum.

Existem diferentes maneiras de alternar períodos de jejum e alimentação. Para essas formas chamamos de protocolo de jejum intermitente, que são:

  • 16 horas de jejum e 8 horas de ingestão de alimentos;
  • 18 horas de jejum e 6 horas de ingestão de alimentos;
  • 20 horas de jejum e 4 horas de ingestão de alimentos;
  • 24 horas de jejum, ou seja, apenas uma refeição por dia.

O mais clássico e mais fácil de implementar é o protocolo 16h / 8h.

 

Quais são seus benefícios terapêuticos do jejum intermitente?

O jejum intermitente é uma das melhores maneiras de prevenir doenças, pois ele tem o poder de alcalinizar o corpo de maneira muito eficaz e eliminar gradualmente os ácidos acumulados.

O jejum intermitente pode ter os seguintes efeitos no seu corpo:

  • Regula o seu peso;
  • Regula a saciedade (o desejo de comer);
  • Alcaliniza o corpo e equilibrar o pH do corpo;
  • Previne diabetes tipo 2;
  • Previne doenças cardiovasculares;
  • Evita o colesterol ruim;
  • Previne o câncer;
  • Aumenta a vitalidade;
  • Diminui dores inflamatórias;
  • Melhora suas faculdades mentais;
  • Luta contra o estresse oxidativo;
  • Aumenta a expectativa de vida, etc.

Jejum intermitente para emagrecer

Além dos benefícios terapêuticos acima citados, o jejum intermitente atualmente é a melhor forma de perder peso de maneira saudável.

Isso porque, quando comemos e consumimos calorias, nosso corpo reage e isso terá o efeito de aumentar o nível de insulina (que é um hormônio secretado no pâncreas e cuja função é regular a glicose em nosso corpo).

Este aumento de insulina traz a capacidade do nosso corpo para armazenar a ingestão calórica que considera excedente na forma de células adiposas.

Durante esse período, seu corpo consumirá as reservas de glicose que você acabou de fornecer para uso como combustível.

Caso contrário, quando você estiver em jejum, a produção de insulina será menor e nosso corpo usará a gordura já presente em nosso corpo para fornecer a energia necessária.

Para entrar neste estado que permite o consumo de gordura como combustível principal, são necessárias mais ou menos 8 a 12 horas de jejum após a última refeição.

E é pela prática do jejum e, no nosso caso, o jejum intermitente, que se consegue perder peso e gordura sem muito esforço e sem necessariamente mudar a dieta.

 

O que consumir durante o período de jejum intermitente?

Durante o período de jejum, você pode e deve beber água, para não sentir fome e encher o estômago.

Além disso, todas as bebidas com zero calorias são permitidas para consumo durante o jejum, por exemplo, o café e chás que você pode adicionar stevia para adoçar.

Como regra geral, nem todos os alimentos com zero caloria quebram o jejum intermitente, mas é preciso se atentar ao seu organismo em específico, porque cada organismo pode reagir de maneira diferente, dependendo do alimento que é consumido.

Portanto, durante o período de jejum, é melhor não comer.

AVISO MUITO IMPORTANTE: Antes de dar início a qualquer dieta, procure um MÉDICO ou nutricionista! Lembre-se que sua saúde está em primeiro lugar!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

MAIS LIDOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *